Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Práticas dos coordenadores dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador do município de São Paulo: desafios e estratégias de superação para o desenvolvimento das ações em saúde do trabalhador (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PERES, ALESSANDRA MANNI - FM
  • USP Schools: FM
  • Sigla do Departamento: MFT
  • Subjects: POLÍTICA DE SAÚDE; POLÍTICAS PÚBLICAS; SAÚDE OCUPACIONAL
  • Keywords: Intersetorialidade; política de saúde do trabalhador; serviços de saúde do trabalhador; saúde do trabalhador
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: Os Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (CRST) são serviços pertences ao Sistema Único de Saúde, habilitados em 2002 com a criação da RENAST. Estes possuem a função de polos irradiadores da cultura da centralidade do trabalho no processo de saúde e doença. Objetivo: Compreender a pratica dos coordenadores dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador à luz das Politicas Públicas de Saúde do Trabalhador. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa qualitativa de caráter exploratório. Para a coleta de dados, foram realizados grupos reflexivos com coordenadores de Centros de Referência de Saúde do Trabalhador do Município de São Paulo. A técnica de analise temática de conteúdo permitiu a elaboração de categorias analise para apresentação dos dados obtidos. Resultados: Foi possível compreender alguns dos aspectos que impactam no desenvolvimento de ações em Saúde do Trabalhador a partir do relato do cotidiano de trabalho dos coordenadores dos CRSTs. Foram elaboradas três categorias, com subcategorias especificas para cada temática, relacionadas à: (I) Pratica dos Coordenadores dos CRSTs, o qual os participantes relataram dificuldades ao assumir o papel de gestor, de autoridade sanitária e realizar ações de assistência e capacitação em ST; (II) Relação Intrasetorial, com dificuldade de articulações com o próprio setor de saúde e; (III) Contexto Atual do Brasil, considerando o contexto das Reformas em tramitação e já aprovadas. Conclusão: Considera-se que tem havido poucos avanços no que concerne as políticas e ações na área da Saúde do Trabalhador. Contudo, em meio à todo esse contexto desfavorável, verifica-se que os profissionais inseridos nestes serviços se relacionam ideologicamente com as ações que desenvolvem no campo da ST, sendo este sentimento que os sustentam neste espaço.
  • Imprenta:

  • Download do texto completo

    Tipo Nome do arquivo Tipo de acesso Link
    TCR.Alessandra Manni.pdfOpen Access logo PLoS whiteDirect link
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PERES, Alessandra Manni; LANCMAN, Selma. Práticas dos coordenadores dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador do município de São Paulo: desafios e estratégias de superação para o desenvolvimento das ações em saúde do trabalhador. [S.l: s.n.], 2018.
    • APA

      Peres, A. M., & Lancman, S. (2018). Práticas dos coordenadores dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador do município de São Paulo: desafios e estratégias de superação para o desenvolvimento das ações em saúde do trabalhador. São Paulo.
    • NLM

      Peres AM, Lancman S. Práticas dos coordenadores dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador do município de São Paulo: desafios e estratégias de superação para o desenvolvimento das ações em saúde do trabalhador. 2018 ;
    • Vancouver

      Peres AM, Lancman S. Práticas dos coordenadores dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador do município de São Paulo: desafios e estratégias de superação para o desenvolvimento das ações em saúde do trabalhador. 2018 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: